• Instagram ícone social

Instagram | @meupontodepartida

Autora | Corinne Sciortino

Formada em Direito e com vocação para viajar pelo mundo ! Minha obsessão é provar as mais diversas gastronomias, me perder pelos destinos e sempre sonhar com as próximas viagens.

Meu Ponto de Partida Blog Roteiros e Dicas de Viagem

Meu Ponto de Partida Blog Roteiros de Viagem
  • Instagram - Grey Circle
  • Facebook - Grey Circle
  • Twitter - Grey Circle
  • YouTube - Grey Circle
  • Pinterest - Grey Circle

Onde comer em Buenos Aires: para não parar no cubierto

24.09.2012

Apesar de sempre pesquisar, por vezes os lugares que mais nos surpreendem em viagens são aqueles que encontramos ao acaso. Acho importante deixar se levar e descobrir lugares fora do roteiro.

 

Foi o que aconteceu com a gente na primeira noite em Buenos Aires.

 

Como vocês já sabem pelo post anterior, ficamos hospedados no A Hotel, que fica muito perto da importante Avenida Santa Fé

 

Estava frio e ainda estávamos cansados da viagem, então, resolvemos andar pela Santa Fé para dar aquela reconhecida básica no local. Assim, achamos o Buenos Aires Grill. Foi uma agradável surpresa :) Comemos um carne com papas fritas e uma sobremesa linda de chocolate, sorvete de creme e frutas vermelhas.

 

 

No dia seguinte, fomos comprar roupas de neve em Belgrano, e paramos no Bar 6 para comer. Já tinha passado da hora do almoço e eles não estavam mais servindo comida, apenas sanduíches. Mesmo assim, estavam deliciosos! Infelizmente, não tiramos fotos (ops!) 

 

Depois, tomamos um sorvete muito bom no Freddo. Super recomendo, apesar de ter gostado mais do Persicco. Se você tiver oportunidade, o legal mesmo é ir em ambos e tirar a prova. 

 

A grande expectativa no jantar era o restaurante Sucre. Reservamos, nos arrumamos e nem tivemos que esperar na porta para sentarmos (o que nos salvou, por que nessa noite estava um friiio daqueles!).

 

 

Sentamos perto do bar e foi muito legal observar o "mixólogo" preparar os drinks. Nos animamos e pedimos um drink cada um também. Eu pedi um Appletini e o Alan pediu um Mojito. Estavam muito bons!!! Aliás, foi a melhor coisa da noite.

 

 

Logo, chegou o Cubierto (para quem não sabe o que é, esse post esclarece um pouco mais sobre o assunto).

 

O atendimento, apesar do preço salgado, nos desapontou bastante. O garçom estava desinteressado e indiferente. Mesmo assim, pedimos os pratos: um cordeiro patagônico e um risotto. Os dois estavam bons, mas nada impressionante. No final, ainda tivemos um pequeno estresse com a atendente do caixa que também parecia estar sem vontade de trabalhar.

Não é que eu não recomende o Sucre, mas pelo preço foi decepcionante. Talvez, tenhamos dado azar, já que a maioria das pessoas que vai gosta muito. 

 

No último dia, fomos almoçar em um mexicano super descontraído em Palermo, a La Fabrica del Taco. Adoro esses lugares simples e despretenciosos :p Além de ser enfeitado e lindo, é muito barato!!!

 

Depois, fomos jantar no La Cabrera. Muito recomendado, tivemos que reservar e ainda esperar um hora num barzinho ao lado até sermos chamados. Como já estávamos preparados para isso, nem ligamos muito.

 

Bebemos uma Quilmes e comemos os amendoins numa boa. Já no restaurante, rapidinho chegou o Cubierto.  Pedimos um chorizo que vem com vários pequenos acompanhamentos. A carne estava incrível - a melhor que já comemos! De sobremesa, pegamos alguns pirulitos que eles trazem à mesa.

 

Antes de viajar, nós preparamos essa lista de restaurantes que gostaríamos de conhecer. O tempo sempre parece curto demais nessas horas. Depois de pesquisarmos em vários outros blogs, em especial no Destemperados, a lista ficou mais ou menos assim:

  •      Crizia 

  •      Bar 6 

  •      Gran Bar Darzon 

  •      Social Paraiso 

  •      El Obrero (em La Boca)

  •      La Miranda 

  •      Te mataré Ramirez  

  •      Olsen

  •      Siga la vaca 

  •      Caballeriza 

 

Beijos,

Corinne

 

Please reload

Autora | Corinne Sciortino

Formada em Direito e com vocação para viajar pelo mundo ! Minha obsessão é provar as mais diversas gastronomias, me perder pelos destinos e sempre sonhar com as próximas viagens.

Espero que goste de acompanhar as minhas andanças por aí.

 Continue lendo... 

Please reload