• Instagram ícone social

Instagram | @meupontodepartida

Autora | Corinne Sciortino

Formada em Direito e com vocação para viajar pelo mundo ! Minha obsessão é provar as mais diversas gastronomias, me perder pelos destinos e sempre sonhar com as próximas viagens.

Meu Ponto de Partida Blog Roteiros e Dicas de Viagem

Meu Ponto de Partida Blog Roteiros de Viagem
  • Instagram - Grey Circle
  • Facebook - Grey Circle
  • Twitter - Grey Circle
  • YouTube - Grey Circle
  • Pinterest - Grey Circle

Montreal: um passeio pela cidade e o nosso Reveillon

20.10.2015

Viajamos em

dezembro de 2012

 

Chegamos em Montreal pela American Airlines em plena véspera de Natal, saindo de um Rio de Janeiro escaldante e nos deparando com uma paisagem branquinha e deliciosamente festiva :)

 

 Primeiro sinal de que vinha muita neve por aí...

 

Ficamos na casa de uns amigos (Vivi e Rafa: muitíssimo obrigada pela estadia perfeita e pela hospitalidade simpática! Nossa viagem foi incrível também graças a vcs! Obrigada!!!), pertinho da Saint Catherine e na cara da estação de metrô Guy-Concordia.

 

 

Do aeroporto, fomos facilmente de ônibus + metrô. Mesmo com muita neve e uma ligeira dificuldade para arrastar as malas, o sistema de transporte é tão excepcional que vale a pena a economia.

 

No metrô

 

No aeroporto, pegue o STM Bus 747. Falando em metrô, não se esqueça de comprar o OPUS Card (é só comprar nas maquininhas espalhadas pelas estações e no aeroporto - pode até pagar com o cartão de crédito). Você compra por período (3 dias ou 1 semana, por exemplo) e tem passagens ilimitadas no metrô e ônibus. Veja mais aqui.

 

Assim que chegamos, fomos correndo para a Poubelle du Ski, loja especializada em material de snowboard/ski e roupas de neve. A loja é fantástica! Tem de tuuuudo, de pranchas à luvas.

 

Infelizmente, chegamos com a loja fechando (sério, faltavam 5 minutos para fechar - e lá eles expulsam mesmo!) Isso foi uma pena, porque não tivemos tempo de olhar tudo com calma, já que a loja é abarrotada de coisas.

 

Na frente da Poubelle du Ski (detalhe para a "sacola de lixo" hehe)

 

Tem muita coisa usada também, o que justifica o nome da loja (Poubelle du Ski significa a "lixeira do ski", porque eles recebem muita coisa de segunda mão lá). Se forem, vão com tempo para dar uma boa olhada - vale a pena, os preços são ótimos! Nós compramos meias especiais para atividade na neve (cerca de $10 cada par), óculos de ski ($40) e um par de luvas ($20).

 

Alan e Rafa depois da compras na Poubelle

 

O dia seguinte era Natal e muita coisa estava fechada, ainda assim, passeamos um pouco pela vazia Saint Catherine, a famosa rua que corta a cidade e é repleta de lojas. Por ali também fica a conhecida cidade subterrânea, que nada mais é do que um grande shopping que se interliga ao metrô. De cara, percebemos o clima da cidade - limpa, linda e organizada. Devo dizer que o Canadá me surpreendeu :) Moraria lá fácil hehe #vamos?

 

Chegando na Saint Catherine


Aproveitamos o dia para subir no Mont Royal, um pequeno monte que deu nome à cidade de Montreal. De lá, vemos a incrível vista da cidade. O parque é lindo, mas cuidado com a subida. A escada cheia de gelo foi um desafio - mas o esforço valeu a pena.

  

Vista da cidade no Mont Royal

 

À noite, fomos conhecer a Vieux Montreal  - a parte histórica da cidade. Ficou ainda mais linda decorada para o Natal. Não deixe de visitar a Igreja de Notre-Dame (não entramos, já estava fechada) e de ir ao Vieux Port (o porto velho de Montreal). Toda aquela área é linda.

 

Região de Vieux Port e pista de patinação no gelo

 

Aproveitamos para patinar no gelo lá no porto. Muito divertido!!! :D

Foi uma das noites mais frias de todas e o Vieux Port fica especialmente congelante - ou seja, vá beeem agasalhado. 

 

Notre-Dame

 

Detalhe da decoração natalina em Notre-Dame​

 

 

​Voltamos na noite de Reveillon também. A queima de fogos é por lá e a energia da festa foi maravilhosa! Antes, aproveitamos um mexicano perto de onde estávamos e tomamos uns drinks para espantar o frio. 

 

Nesse dia vimos como os canadenses são extremamente bem educados. Estava lotado de gente e mesmo as pessoas se esbarrando um pouco, ninguém brigava e todos eram muito gentis. Isso dava um clima especial e tranquilo à festa. Arrisco dizer que foi o melhor ano novo da minha vida! :)

 

Muita neve na hora da virada!

 

Reveillon em Vieux Port: Bonne Année!

 

 

No último dia de Montreal, fomos ao Parque Jean-Drapeau. Fomos de metrô e como era o primeiro dia do ano, estava bastante vazio. De qualquer forma, o parque é lindo. Se estiver com crianças, aconselho visitar à Biósphere (museu sobre a flora e fauna de diversos habitats do mundo).

 

 

É isso! Achei Montreal super interessante e gostaria de ter tido mais tempo para explorar todo o Canadá.

 

 

 

Fotinhas tiradas numa cabine de foto no metrô de Montreal

 

Beijos,

Corinne

Ímãs dessa Viagem: 

 

Please reload

Autora | Corinne Sciortino

Formada em Direito e com vocação para viajar pelo mundo ! Minha obsessão é provar as mais diversas gastronomias, me perder pelos destinos e sempre sonhar com as próximas viagens.

Espero que goste de acompanhar as minhas andanças por aí.

 Continue lendo... 

Please reload