• Instagram ícone social

Instagram | @meupontodepartida

Autora | Corinne Sciortino

Formada em Direito e com vocação para viajar pelo mundo ! Minha obsessão é provar as mais diversas gastronomias, me perder pelos destinos e sempre sonhar com as próximas viagens.

Meu Ponto de Partida Blog Roteiros e Dicas de Viagem

Meu Ponto de Partida Blog Roteiros de Viagem
  • Instagram - Grey Circle
  • Facebook - Grey Circle
  • Twitter - Grey Circle
  • YouTube - Grey Circle
  • Pinterest - Grey Circle

Dois dias na bela Praga (Parte 2)

24.02.2016

Viajamos em

ABRIL de 2014

 

Começamos a segunda parte da nossa breve viagem pela capital da República Tcheca com mais um dia de sol e muitas atrações. Visitamos o famoso castelo de Praga, o bairro judeu Josefov e demos mais um pulinho no centro histórico da cidade velha...Porque são tantos detalhes para conhecer por lá que nunca é demais, né? 

Memorial das Vítimas do Comunismo
Esbarramos com o Memorial das Vítimas do Comunismo andando para pegar o Bondinho nº 22 (já falei dele aqui, é "o" bondinho para ir em quase todas as atrações da cidade) no caminho para o Castelo de Praga. O Memorial é um dos diversos monumentos que não deixam esquecer o período de dominação soviética, vivido entre 1948/1989, a famosa Cortina de Ferro.

 

 
Esse memorial fica em um parque simpático com belos jardins, na base do Petřín hill em Malá Strana (onde ficamos hospedados).

 

 

Esse pessoal à direita estava indo para o Castelo de Praga. Tem um caminho para quem quiser ir a pé.

 

 

Logo na rua à nossa frente, pegamos o bondinho que nos levaria até o Castelo de Praga. Ali atrás tinha uma tabacaria/banca (tá vendo a plaquinha laranja?) que entramos e compramos dois ingressos unitários para o bondinho. Você valida o ticket dentro do bondinho mesmo (se não validar, corre o risco de pagar uma multa caso um fiscal te peça o ticket).  

 

Aguardando no ponto. Ao fundo, o Petrin Hill

 

Bondinho vazio na volta e bem cheio na ida; e a maquininha pra validar o ticket

 


Palácio Real do Castelo de Praga
Palácio Real do Castelo de Praga (Pražský Hrad), ainda utilizado como residência presidencial, teve seu auge quando abrigava o Reis da Boêmia. O Castelo de Praga é considerado o maior castelo do mundo, mas nem toda a área do castelo, de 72,5 mil m² (!), é ocupada pelo castelo em si.        

 

 Uma das entradas do Complexo

 

 

Até essa parte é de graça, mas se vc quiser ver as outras atrações (as que são realmente imperdíveis), tem que coçar o bolso...

 

 

Venda de tickets

 

Balcão onde compramos os tickets

 

O Palácio de Praga reúne diversas atrações: a Catedral de San Vito, a Torre Dalibor, o Convento de São Jorge, o Palácio Lobkowicz e a Viela Dourada.

 

Existem diferentes tipos de tickets. Nós escolhemos o "short visit" e cada ticket custou 250 coroas tchecas. Para maiores detalhes sobre cada ticket cliquem aqui!

 

 

Adentrando...

 

Os Tickets e ao fundo a Catedral de San Vito


A visita vale muito a pena. Reparem na riqueza de detalhes!

 

A incrível fachada gótica da Catedral 

 

Vitrais fantásticos!

 

 O interior da Catedral de San Vito: muito lindo!

 

Confessionários, ouro, prata e muitos detalhes

 

 

 

Independente da religião, o passeio é indispensável

 

 

 Tá, eu prometo! É a última dessa fachada deslumbrante ;)

 

Ainda no complexo, encontra-se a Basílica de São Jorge (logo ao lado está o Convento). É uma igreja muito antiga, vestígio romano, e estava em restauração. A fachada barroca em vermelho é muito linda! Para conhecer um pouco mais da história desse lugar, vale a leitura: clique aqui!

 

Dizem que essas torres brancas são inconfundíveis quando se olha o castelo de longe...

 

Eu sei, tinha prometido, mas taí a parte de trás da fachada da Catedral de São Vito

 

Dentro do complexo, ainda aparecem diversas outras imagens de São Jorge

 

 

Mesmo que você não seja muito fã de arquitetura, você vai gostar da Viela Dourada. É simplesmente uma ruazinha ladeada por casas minúsculas (e pra eu considerar pequena, podem acreditar que é BEM pequena mesmo hehe) construídas no século XVI. 

 

 Viela Dourada: a casa azul à esquerda foi moradia do escritor Franz Kafka

 

Dá pra acreditar que realmente moravam pessoas nessas casinhas?

 

 

Quase perfeita pra mim! hehe

 

No interior e na parte superior das casinhas são encontradas diversas lembranças do passado dessa Viela.

 

 Objetos de tortura medieval

 

Nessa hora, já estávamos mortinhos da viagem toda, acumulando o cansaço nas pernas desde Berlim. Por isso, acabamos abortando a descida na Torre Dalibor. Fica pra próxima ;)

 

A entrada da Torre Dalibor 

 Descansamos um pouco nesses banquinhos e tiramos algumas fotinhas da fantástica vista panorâmica da cidade...

 

<3

 

Outro mirante mais abaixo

E que vista...Praga é linda!

 

 

Voltamos para Malá Strana de bondinho nº 22 novamente #dornaspernasdefine, mas muita gente decide voltar andando pela rua Nerudova.  


Josefov, o bairro judaico de Praga

Na verdade, o verdadeiro bairro judaico de Praga não existe mais. Ele foi completamente desfigurado durante uma "campanha de saneamento" realizada entre os séculos XIX e XX. De qualquer sorte, ainda existem diversas sinagogas que valem a visita, além do cemitério judeu.

 

 Velho Cemitério Judaico (visto por uma mini janelinha na rua)

 

 

Para o nosso azar, o dia que escolhemos para visitar era feriado judeu e não pudemos entrar

 

Sinagoga Velha de Praga: exemplo da arquitetura gótica religiosa. O prédio data de 1270 e ainda está em atividade

 

 

Apesar de menos relevante historicamente, esse prédio que fica ao lado da Velha Sinagoga é impressionante pela riqueza dos detalhes

 

 

Estátua em homenagem a Josef Kafka no bairro judeu

 

 

Sinagoga Espanhola

 

Sinagoga Maisel

 

Ainda no bairro judeu, passamos pela Rua Paris (Parizská), uma espécie de Quinta Avenida de Praga, muito bonita, arborizada e cheia de lojas famosas e de grife. 

 

 

Jubilee ou Jerusalem Sinagoga

Por incrível que pareça, a Sinagoga mais deslumbrante de Praga, na nossa opinião, não está no Bairro Judeu. A Jubilee ou Jerusalem Sinagoga fica do outro lado da cidade, na verdade. Nós demos uma volta ao mundo para chegar, pois durante todo o passeio no bairro judeu esperávamos encontrar essa Sinagoga que já tínhamos visto em foto. Ela fica em Jeruzalémská 1310/7, 110 00 Praha 1, República Tcheca. Dá uma olhada no mapa:

 

 

Olha só o porquê de tanto esforço para achá-la:

 

 

 

Andando ali por perto, decidimos ir até o metrô para dar uma olhada. A gente adora conhecer o transporte público dos lugares que visitamos. E vejam que estranho, o metrô de Praga parece que fica mais fundo do que qualquer outro que já vimos antes...Parecia uma descida interminável para o centro da terra..bizarro!

 

 

Dá pra ter uma ideia do quão grande é essa escada rolante?

 

 

 


A Casa Dançante
O tempo já tinha virado e chegamos à Casa Dançante com o céu todo nublado lá pelo entardecer. Tirei do Wikipedia essa descrição que achei bacana: "Originalmente chamada Fred e Ginger (Fred Astaire e Ginger Rogers - a casa lembra vagamente um par de dançarinos) a casa se situa entre os prédios neobarroco, neogótico e art nouveau pelos quais Praga é famosa."

 

 Ignorem o cara limpando a janela hehe

 

Uma nossa!

 

Teatro Nacional
Como era a nossa última noite em Praga, decidimos ir para um lugar que ainda não tínhamos conhecido. Posso garantir a vocês que as fotos não fazem jus ao quão bonita é essa construção do Teatro Nacional de Praga. 

 

Noite fria em Praga

 

Majestoso, não?


Outros tantos marcos espalhados por Praga
Já dissemos que Praga é conhecida como a Cidade das Cem Torres, então vamos deixar a imagem de duas que nos chamaram a atenção. A primeira é a muito conhecida Torre da Pólvora.

 

 

 

 

Mais um lindo e importante prédio de Praga, a Casa Municipal - fica ao lado da Torre da Pólvora.

 

 

Praga é fantástica por causa disso: não são apenas os monumentos mais famosos que são marcantes - toda a cidade é rica em caprichos. Veja essa torre abaixo! (infelizmente, dado o número de outras tão importantes torres e cúpulas, não conseguimos achar maiores informações)

 

 

Andar em Praga é assim, em cada canto uma surpresa...Se alguém souber dessa torre, deixe nos comentários :)

 

O pianista polonês, radicado na frança, Frédéric Chopin, homenageado em Praga

 

 

E você achando que Praga não seria tão lotado como as outras grandes capitais da Europa, né? Sabe de nada, inocente!

Macabro!

 

Um entardecer qualquer em Praga

 

Nos despedindo de Praga na nossa última noite lá na Charles Bridge!

 

E assim terminamos nossa série de Praga. Uma cidade encantadora e que certamente deve estar na sua lista de próximas viagens. Na minha ela já está novamente :D

 

 

Beijos, 

Corinne

 

Ímã dessa Viagem:

 

 

Please reload

Autora | Corinne Sciortino

Formada em Direito e com vocação para viajar pelo mundo ! Minha obsessão é provar as mais diversas gastronomias, me perder pelos destinos e sempre sonhar com as próximas viagens.

Espero que goste de acompanhar as minhas andanças por aí.

 Continue lendo... 

Please reload