• Instagram ícone social

Instagram | @meupontodepartida

Autora | Corinne Sciortino

Formada em Direito e com vocação para viajar pelo mundo ! Minha obsessão é provar as mais diversas gastronomias, me perder pelos destinos e sempre sonhar com as próximas viagens.

Meu Ponto de Partida Blog Roteiros e Dicas de Viagem

Meu Ponto de Partida Blog Roteiros de Viagem
  • Instagram - Grey Circle
  • Facebook - Grey Circle
  • Twitter - Grey Circle
  • YouTube - Grey Circle
  • Pinterest - Grey Circle

Rio de Janeiro: Ilha Grande

09.03.2016

 

 

 

 

 

 

Ah, Ilha Grande! Já fomos duas vezes e o lugar é realmente deslumbrante!

Não decepciona :) A última foi para passar o Reveillon de 2010.

 

O paraíso, que fica próximo a Angra dos Reis no Rio, é ideal para quem gosta de praia, aventura e férias mais relax. A ilha não possui veículos e preserva um quê de vila rústica, com uma infraestrutura suficiente, mas com o clima pé na areia.

 

 

~ Leia mais sobre destinos no Brasil ~

 

 

Uma cervejinha na Vila do Abraão

 

Até a década de 90, Ilha Grande possuía apenas pacatas vilas de pescadores. Lá, você não vai encontrar o agito de Búzios, Cabo Frio ou Paraty, mas muitas opções de passeios fantásticos, praias tranquilas e trilhas para todos os gostos.

 

 

Fomos uma vez no verão (no Reveillon) e outra no mês de abril. Nas duas pegamos tempo bom, sem aquele solzão de 40 graus - mas também não passamos frio! Acreditamos que a melhor época do ano vai depender da sua proposta. Para quem vai surfar em Aventureiros ou Lopes Mendes, certamente a melhor época é o inverno, mas para quem só quer sol certamente o verão é "a" estação.

 

Mapa de Ilha Grande

 

Como chegar

 

Para quem sai do Rio de Janeiro, basta seguir na direção de Santos ou Angra dos Reis. As placas vão te levar na direção certa e o percurso demora cerca de 1h30, sem trânsito, até Mangaratiba, de onde sai a balsa (tem balsa que sai em Angra também). Existem outros barcos fazendo o trajeto e saindo de diferentes pontos.

 

Mapa da Região

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

A travessia de balsa ou barco é um passeio à parte. Da primeira vez, fomos de balsa. Da segunda, fomos com um catamarã (opção um pouco mais rápida).

 

Você pode encontrar maiores informações sobre as balsas para Ilha Grande aqui!

 

Travessia até a Ilha

 

Dá pra ver as ondinhas deixadas pelo Catamarã

 

Onde ficar

 

Achamos que para quem não tem um barco à disposição a melhor coisa é ficar na Vila do Abraão. A pequena vila oferece infraestrutura compatível com a proposta da viagem - uma farmácia, alguns mercadinhos, algumas lojinhas. Tudo muito básico, mas suficiente - ou seja, perrengue você não vai passar.

 

 Pousada Tropicana na Vila do Abraão

 

A ilha é famosa por abrigar também diversos campings

 

 

A Vila do Abraão é o lugar de quase todas as pousadas e tem um certo movimento em determinadas épocas.

 

A pousada em que passamos o Reveillon era na Rua da Praia - primeira rua da Vila, ela vai beirando a praia e na minha opinião é um local excelente para se hospedar.

 

 

 

Pertinho de tudo, do porto, das lojinhas e do maior número de restaurantes. Gostei muito da Tropicana, pousada que escolhemos!

 

Comércio perto da Praia na Vila do Abraão

 

As praias

 

A ilha toda é cercada por praias deslumbrantes. Nem de perto temos fotos das melhores ou fotos que fazem jus à beleza que vimos por lá. Mas podemos citar a Praia do Presídio (Praia de Dois Rios), Lopes Mendes, Aventureiros e a Cachadaço como nossas preferidas.

 

 

 Vila do Abraão - ideal para sentar para tomar uma geladinha e ficar observando os barquinhos...

 

 

Praia do Presídio ou Praia de Dois Rios

 

Praia do Presídio ou Praia de Dois Rios têm esse nome porque abriga o presídio (demolido em 1994) que foi cenário da fuga do Escadinha. Além disso, a linda praia é cortada por dois rios, cada um desemboca em uma das pontas da praia, o que cria um visual especial.

 

 

Trilhas

 

Outra atração bastante procurada na Ilha são as trilhas. Existem diversos graus de dificuldade, mas todas bem sinalizadas nas entradas: para você saber onde está se metendo ;) As fotos abaixo são do nosso caminho até a praia de Lopes Mendes. 

 

 

Passeios de barco: Gruta do Acaiá

 

Os passeios de barco oferecidos na Vila do Abraão são bem variados. Desde os mais longos (volta à ilha) aos mais comuns. Para os que tem uma necessidade de adrenalina, aconselhamos a visita à Gruta do Acaiá (no fim das contas não é nada demais em termos de adrenalina, mas o começo engana bem hehe). O passeio de barco foi até a Ilha Jorge Grego. 

 

Gruta do Acaiá  e esse azul inconfundível

 

Gruta do Acaiá

 

 

E vimos até golfinhos!

  

Onde comer

 

Sem dúvidas aqui se come bem. Vários restaurantes oferecem as especialidades da culinária caiçara. Os diversos frutos do mar frescos são pescados pelos moradores da ilha.

 

A nossa dica é o restaurante Lua e Mar (confiram essas fotos dos reviews no Tripadvisor!). Ele fica um pouco afastado do Centro da Vila do Abraão, mas dá pra ir à pé (uns 15 minutos de caminhada pela Rua da Praia).

 

Lua e Mar (foto da internet)

 

Vale muito a pena jantar à luz de velas com os pés na areia e à beira da praia de Abraão!

 

Nós pedimos a moqueca de camarão e não nos arrependemos...Deliciosa!

 

Uma pena a câmera ter dado problema e não termos tirado mais fotos !

 

 

Beijos, 

Corinne

 

Imã da Viagem

 

 

 

Please reload

Autora | Corinne Sciortino

Formada em Direito e com vocação para viajar pelo mundo ! Minha obsessão é provar as mais diversas gastronomias, me perder pelos destinos e sempre sonhar com as próximas viagens.

Espero que goste de acompanhar as minhas andanças por aí.

 Continue lendo... 

Please reload