• Instagram ícone social

Instagram | @meupontodepartida

Autora | Corinne Sciortino

Formada em Direito e com vocação para viajar pelo mundo ! Minha obsessão é provar as mais diversas gastronomias, me perder pelos destinos e sempre sonhar com as próximas viagens.

Meu Ponto de Partida Blog Roteiros e Dicas de Viagem

Meu Ponto de Partida Blog Roteiros de Viagem
  • Instagram - Grey Circle
  • Facebook - Grey Circle
  • Twitter - Grey Circle
  • YouTube - Grey Circle
  • Pinterest - Grey Circle

Madrid: A Plaza Mayor e seus Mercados

21.03.2016

 

Ansiosos que estávamos para conhecer a cidade, pulamos a parte de nos empacortamos com casacos e saímos logo para as ruas madrilenhas. Grande erro, pois não é que passamos frio? haha Estava uma média de 5 graus, mas o vento piorava bastante a sensação. É raro nevar em Madrid, o que facilita na hora de se vestir.

 

 

~ Clica aqui para ver o post sobre o Planejamento e Roteiro da nossa viagem em Madrid ~

 

 

 

 

 

 

Plaza Mayor

 

Andamos a esmo e logo logo nos deparamos com a Plaza Mayor. Estava toda decorada para o natal. Aliás, a cidade toda estava muito bonita e decorada.

 

Mercado San Miguel

 

Do lado da Plaza Mayor, encontramos o famoso Mercado San Miguel - ponto alto da viagem!

Estava muitooo lotado para o almoço, mas resolvemos enfrentar. O mercado passou recentemente por uma reforma e está lindo.

 

 

Lá, temos a oportunidade de provar um pouquinho de muitas coisas boas. Começamos pelo tão esperado Presunto Ibérico!

 

Compramos esse Bellota Reserva Carrasco Guijuelo que não nos decepcionou. Eles cortam na hora para você. Caro, mas tem que provar!

 

 

Logo do lado tem uma lojinha de vinhos - a taça varia de 3 a 5 euros, perfeito para acompanhar o presunto ou os queijos artesanais ali do lado.

 

 

Destaque para as croquetas por 1.50 euro, deliciosas! Foi tanta coisa gostosa... Adoramos a Cerveja San Miguel Fresca, a Paella (não é das melhores para mim, mas é boa! -- o Alan gostou), os hamburgueres, a lojinha de iogurte...Voltamos três vezes para o Mercado! A melhor hora para ir é depois de 21hs, fica bem mais vazio! 

 

 

Nós não fomos, mas o Mercado San Antón tem a mesma proposta e parece ser bem legal!

 

 

Catedral de Almudena & Palacio Real

 

Já devidamente almoçados, fomos andando pela cidade até chegarmos à Catedral de Almudena e ao Palacio Real. Estava tãããao frio que nem conseguimos apreciar a beleza do local direito.

 

 

 

Templo de Debod

 

Saímos rapidamente dali e continuamos andando até o Templo de Debod - templo dado de presente pelo Egito para a Espanha. O local é lindo e não se paga nada para entrar. Mas estávamos cansados e com frio e resolvemos voltar ao hotel. Afinal, ainda nem tínhamos descansado depois das longas 10 horas de voo!

 

 

Puerta del Sol 

 

Na volta para o hotel, ainda passamos pela Puerta del Sol e pela Gran Vía.

 

O urso símbolo da cidade na Puerta del Sol

 

Puerta del Sol durante o Reveillon 

 

 

-- Noche Vieja: o Reveillon em Madrid --

 

 

A primeira impressão de Madrid foi incrível. A cidade é linda, acolhedora, com seus prédios baixinhos, meios de transportes eficientes e noite agitada. O costume das tapas (aperitivos espanhóis) nos encantou. Os madrilenhos vão de bar em bar bebendo vinho e comendo essas pequenas porções de coisas deliciosas até tarde da noite. Às 21 horas a noite está apenas começando em Madrid. A única coisa que me chamou a atenção negativamente é que havia bastante lixo no chão...

 

Neste dia, depois de descansarmos, saímos em direção à Plaza Santa Ana, uma pracinha perto do Hotel, em busca do famosinho restaurante Lateral (veja o post com todos os lugares que comemos na cidade!). As ruas de noite são lindas, ainda mais decoradas para as festas de ano novo. As duas fotos debaixo são da Plaza Mayor. 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

De lá, fomos andando até a antiga Chocolateria San Gines. É tradição em Madrid comer churros com chocolate quente. A fila estava gigantesca! Mas encaramos. Os churros são diferentes daqui do Brasil, são bem fininhos. As chamadas "porras" são os churros mais grossos deles. Pedimos apenas uma porção: 6 churros e um chocolate quente - foi o suficiente para duas pessoas. Bonzinho, mas nada demais...Achei o churro meio oleoso, pra falar a verdade! :/

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Mapa com o roteirinho deste dia:

 

 

 

 

Linha vermelha: parte da estrela (nosso hostal), passando pela Plaza Mayor, Mercado San Miguel, Catedral de Almudena e Palacio Real até chegar ao Templo de Debod.

Linha vinho: saindo do Templo pela Gran Vía, passando pela Puerta del Sol até chegar novamente ao hostal.

Marcador azul: Plaza Santa Ana

Marcador roxo: Mercado de San Antón

Marcador marrom: Chocolateria San Gines

 

 

 

 

 

 

 

-- Veja mais posts sobre o Madrid --

 

 

Beijos, 

Corinne

 

Imãs dessa viagem:

 

 

 

 

Please reload

Autora | Corinne Sciortino

Formada em Direito e com vocação para viajar pelo mundo ! Minha obsessão é provar as mais diversas gastronomias, me perder pelos destinos e sempre sonhar com as próximas viagens.

Espero que goste de acompanhar as minhas andanças por aí.

 Continue lendo... 

Please reload