• Instagram ícone social

Instagram | @meupontodepartida

Autora | Corinne Sciortino

Formada em Direito e com vocação para viajar pelo mundo ! Minha obsessão é provar as mais diversas gastronomias, me perder pelos destinos e sempre sonhar com as próximas viagens.

Meu Ponto de Partida Blog Roteiros e Dicas de Viagem

Meu Ponto de Partida Blog Roteiros de Viagem
  • Instagram - Grey Circle
  • Facebook - Grey Circle
  • Twitter - Grey Circle
  • YouTube - Grey Circle
  • Pinterest - Grey Circle

Quatro Dias na Linda Paris (Parte 2)

24.03.2016

 

Continuando nossa passagem por Paris

 

 

Ainda não viu o primeiro post sobre Paris ?

Clica aqui ! 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Palácio de Versailles

 

Começamos cedo nossa missão-versailles. Fizemos a conexão para a linha C do RER em Saint Michel-Notre Dame (veja nesse mapa as outras possibilidades de conexão) e de lá pegamos fomos até Versailles-Chateau num trem cheio de turistas ansiosos para chegar ao famoso Castelo.

 

 

Chegando lá, fomos andando um pouco (uns 6-7 minutos) até nos depararmos com uma chuva fininha e uma fila longa...Tínhamos comprado o ticket na internet, achando que iríamos escapar da fila. Mas não tem como - você tem que enfrentar a fila mesmo assim para passar pela segurança. Ficamos uns bons 15 minutos ali debaixo daquela chuvinha chata até entrar no castelo.

 

 

O destaque da visita é a Sala dos Espelhos e os Jardins. Particularmente, nós gostamos muito também da sala com os quadros das batalhas e de uma sala com várias folhas de chá.

 

Sala dos Espelhos

 

Vários cômodos do Castelo, eu na Sala dos Espelhos e os quadros de Batalha

 

 

Sinceramente, eu achei lindo...mas não tão fantástico quanto tanto ouvi falar. Não sei se o tempo também não ajudou, o céu estava bem nublado - acho que isso deixou os jardins um pouco menos mágicos, apesar de ser tudo muito bem cuidado.

 

 

 

 

Acabamos desistindo de visitar o Grand Trianon, Petit Trianon e o Grande Lago, todos nos jardins por causa da chuva fina que insistia em cair. A fila para o trenzinho que te leva aos jardins também estava grandinha - e ah, se paga para pegar esse trenzinho também.

 

 

 

 

 

Mais ângulos dos Jardins, o preço do Trenzinho e a sua fila 

 

 

 

Notre Dame

 

Voltando a Paris, paramos na estação de metrô de Notre Dame para conhecer essa catedral espetacular. Fiquei impressionada com os detalhes. Acho que uma das coisas mais lindas que vi em Paris...Por dentro e por fora, incrível! Essa fila eu não me arrependi de ficar nem um segundinho..Vale muito a pena!

 

 

 

Onde comer em Paris: a sofisticação do gosto e dos preços franceses ~

 

 

Montmartre e a Basílica de Sacré Coeur

 

Depois, pegamos o metrô novamente em direção à Montmartre. Bairro super charmoso que abriga a Basílica de Sacré Cœur - você sobe o funicular com o preço de um ticket para chegar à Basílica.

 

Dentro do funicular

 

A chuva continuava e as pernas já estavam pedindo um descanso, então voltamos para casa. Mas bateu um arrependimento de não termos parado para curtir um pouco mais de Montmartre (só não se assuste com os preços não tão convidativos). 

 

 

 

Na descida de Montmartre, nos deparamos com o segundo golpe que passamos (ou quase passamos...) em Paris. Ao descer as escadas, um grande grupo de imigrantes africanos fica à espera de turistas para vender pulseirinhas. Infelizmente, o problema é a abordagem agressiva deles, que chegam a puxar os braços dos que passam com força para tentar colocar a pulseira e pedir dinheiro em troca. Cuidado, uma vez com a pulseira no braço, ele vai querer o dinheiro de qualquer jeito. A intimidação é tão grande (lembrando que eles estão em um grande grupo) que você acaba cedendo. Nós conseguimos escapar com sorte, mas registramos alguns flagras ainda em cima da escada. 

 

Emboscada para turistas na descida de Montmartre

 

 

 

Região da Bastilha

 

No nosso último dia, saímos da nossa casinha e passeamos pela região da Bastilha...muito agradável, cheia de feirinhas e muitas coisas interessantes para descobrir. Por que não fomos aí antes?

 

 

Passamos pela bela Place des Vosges, em Marais. Deitamos um pouquinho na grama para curtir aquele momento perfeito. Saudades! <3

 

 

 

 

 

E pronto! Decepcionante em alguns momentos, mas inesquecível em muitos outros, Paris é uma cidade que certamente espero voltar para conhecer melhor :)

 

 

Com uma baguette da feira (1 euro!) debaixo do braço - ou quase - na Praça da Bastilha  

 

 

 

Veja todos os posts sobre a França ~

 

 

Beijos,

Corinne

 

Imã dessa viagem:

 

 

 

Please reload

Autora | Corinne Sciortino

Formada em Direito e com vocação para viajar pelo mundo ! Minha obsessão é provar as mais diversas gastronomias, me perder pelos destinos e sempre sonhar com as próximas viagens.

Espero que goste de acompanhar as minhas andanças por aí.

 Continue lendo... 

Please reload