• Instagram ícone social

Instagram | @meupontodepartida

Autora | Corinne Sciortino

Formada em Direito e com vocação para viajar pelo mundo ! Minha obsessão é provar as mais diversas gastronomias, me perder pelos destinos e sempre sonhar com as próximas viagens.

Meu Ponto de Partida Blog Roteiros e Dicas de Viagem

Meu Ponto de Partida Blog Roteiros de Viagem
  • Instagram - Grey Circle
  • Facebook - Grey Circle
  • Twitter - Grey Circle
  • YouTube - Grey Circle
  • Pinterest - Grey Circle

Bolonha: a cidade mais subestimada da Itália (Parte 2)

26.01.2016

Viajamos em

dezembro de 2014

 

Continuando nossa viagem por Bolonha (Se você não viu a primeira parte desse post, clica aqui!)

 

A neve continuou a cair durante todo o dia...foi lindo !

 

Seguimos andando para chegar no Santuário de Santo Stefano.

É um complexo de prédios religiosos com 7 igrejas. Conhecido por ser a "Jerusalém de Bolonha". O negócio é antigo, viu? Mas antigo mesmo...Tem coisa que data do século 4.

 

Não sei vocês, mas pra mim tudo fica mais bonito com neve...

 

O interior do complexo é cheio de salas impressionantes, além desses pátios muito bonitos. O lugar já tem uma energia meio mágica...nevando, então..ficou encantador!

 

 

~ Leia mais posts sobre a Itália ~

 

 

 

No último dia na cidade, aproveitamos para fazer compras, conhecer a Universita di Bologna, a primeira universidade do mundo, e dar uma última volta pela cidade.

 

 

No caminho para a Universidade passamos pela Piazza Verdi, ponto de encontro dos estudantes de Bolonha. Nessa época do ano estava vazia.

 

 

Confesso que assim que olhamos os primeiros sinais da Universidade ficamos um pouco decepcionados, mas a verdade é que se tem que imaginar algo que começou muito pequeno e que foi tomando prédios e prédios a sua volta, tornando-se em um verdadeiro quarteirão universitário, onde várias faculdades que tiveram início em períodos distintos fundaram a primeira Universidade do mundo. É um estilo diferente de ser uma Universidade, mas sem dúvida impactante ver como começou!

 

Faculdade de Direito

Faculdade de Química 

 

Fizemos umas comprinhas na Via Indipendenza. Essa é a Via mais movimentada de Bolonha e onde estão a maioria das lojas. Por lá você encontra de tudo. Desde H&M, Zara, Pull&Bear...Para lojas mais caras o endereço é a Piazza Cavour.

 

Uma das duas H&M da Via Indipendenza

 

A Via e suas lojas ali nos pórticos (de noite, fica lotada!)

 

Nesse dia ainda estivemos na Piazza Cavour, onde estão as lojas mais chiques de Bolonha. Como não faz nosso estilo, a única loja que entramos foi a Sephora.

 Piazza Cavour

 

Confesso que todos os pontos turísticos são fascinantes, mas o que nos encantou em Bolonha foi simplesmente andar pela cidade e sentir a sua energia...ande sem rumo, pare para tomar um vinho ou um sorvete e tenho certeza que você vai adorar explorar esse marco histórico, gastronômico e cultural que é Bolonha!

 

 

 

Beijos,

Corinne

 

 

Imã dessa viagem:

 

 

 

 

 

Please reload

Autora | Corinne Sciortino

Formada em Direito e com vocação para viajar pelo mundo ! Minha obsessão é provar as mais diversas gastronomias, me perder pelos destinos e sempre sonhar com as próximas viagens.

Espero que goste de acompanhar as minhas andanças por aí.

 Continue lendo... 

Please reload