• Instagram ícone social

Instagram | @meupontodepartida

Autora | Corinne Sciortino

Formada em Direito e com vocação para viajar pelo mundo ! Minha obsessão é provar as mais diversas gastronomias, me perder pelos destinos e sempre sonhar com as próximas viagens.

Meu Ponto de Partida Blog Roteiros e Dicas de Viagem

Meu Ponto de Partida Blog Roteiros de Viagem
  • Instagram - Grey Circle
  • Facebook - Grey Circle
  • Twitter - Grey Circle
  • YouTube - Grey Circle
  • Pinterest - Grey Circle

Um pouco de tudo que vimos em Nova York

19.06.2013

 

Viajamos em

ABRIL de 2012

 

 

Esse é um dos posts mais difíceis de começar. O que visitamos em Nova York...hm... foi tanta coisa! Se fosse viajar para Nova York de novo, daria preferência a ver menos lugares com mais calma.

 

Aprendi nessa viagem que não adianta nada conhecer a cidade quase toda, mas de forma corrida e estressante. Conheça menos lugares, mas conheça-os melhor #ficaadica ;)

 

Nova York é dividida em cinco boroughs (são os grandes distritos da cidade): Bronx, Brooklyn, Manhattan, Queens e Staten Island. Os turistas costumam se contentar apenas com o centro de Manhattan, mas eu achei muito interessante conhecer outros boroughs também. Um dos dias que mais gostei foi quando fomos para Brooklyn. Você sai um pouco daquele ambiente turistão demais e começa a sentir a vida nova iorquina de fato. É claro que esses passeios exigem um pouco mais de cuidado, pois os lugares podem não ser tão seguros quanto Midtown. Nada que uma boa pesquisa na internet não resolva ;)

 

 

 

​Os Boroughs de NYC

 

Dentro de Manhattan, podemos subdividir várias regiões: Upper East & West, Midtown, Downtown, East & West Villages, Chelsea, Soho, Chinatown & Little Italy, e tantas outras.

 

Quando eu fiz o meu roteiro, eu me pautei pelas regiões. Fui pesquisando o que cada região tinha de interessante e separei mais ou menos um dia para cada lugar. Nós ficamos 11 dias em NYC e deu para conhecer muita coisa. Mas, como eu já disse, se fosse voltar, colocaria menos lugares no roteiro e mais tempo para cada lugar. Também não vou esquecer de colocar tempo vagos entre os passeios para descansar em algum parque - o Central Park é perfeito para isso :) Um dos momentos mais gostosos da viagem foi quando paramos de andar infinitamente para deitar na grama do Central Park, tirar fotos e olhar as nuvens no céu. Essencial!

 

Descansando no Central Park 

 

Cada região tem seu atrativo e suas características únicas, vou resumir um pouco o "feeling" que tive em cada uma das regiões que visitei ;)

 

 * Midtown: turistão em essência. Nosso hotel, o Mansfield, era por aqui (legal, mas caro). Tratamento dos serviços padronizado e muitas vezes grosseiro. As lojinhas da 8th Avenue são as piores. Possui as lojas mais chiques ao redor da 5ª Avenida. Como disse no post sobre o hotel (clica aqui!), vale a pena ficar hospedado em algum lugar mais distante e descolado (como Soho) e vir aqui apenas para ver os pontos turísticos (Rockefeller Center, Times Square, Grand Central, peças na Broadway, Empire State e muitos outros). 

Imperdível: o hambúrguer do Shake Shack e a Cheesecake do Junior's Cheesecake.

 

Times Square

 

* Upper East & West: região dos museus. O Upper East é a região mais chique e elitizada (#xoxogossipgirl). Não deixe de visitar o Metropolitan Museum of Arts por lá. O Upper West tem como destaque o American Museum of Natural History (onde se passa aquele filme do Museu com o Adam Sandler hehe). Existem muitos outros museus por lá, todos interessantes. Uma dica: tanto a entrada do MET quanto a do Natural History é em forma de doação, ou seja, você pode pagar o quanto quiser para entrar, contanto que pague algo. Pode ser 1 dólar ou 50 dólares, você escolhe ;) A placa com o preço nesses museus é apenas sugestiva, mas acontece que muitos turistas não sabem e acabam pagando em torno de $30 para cada museu.

Imperdível: O meu museu preferido de NY, o Metropolitan Museum of Arts. 

 

Museus de NYC

 

* East & West Villages: região descolada e cool. Cada village é um pouco diferente da outra, mas ambas têm um ar bastante alternativo e universitário. West Village é uma pequena área dentro de Greenwich Village. Os personagens de "Friends" moravam em West Village e por lá tem um dos vários campus da NYU (uma das principais universidades da cidade). Tem várias lojinhas interessantes, restaurantes e cafés. Vale super a pena conhecer. East Village eu não conheci muito, mas sei que por lá tem uma rua com vááários restaurantes indianos. Entre os Villages tem a Union Square, bastante interessante para fazer compras, ver uma peça off-broadway (fomos na Fuerza Bruta) e se deliciar na chocolátra Max Brenner. 

Imperdível: Em Lower East Side, a região um pouco abaixo do East Village, fomos tomar um dos melhores cafés da manhã da vida no Clinton Street Baking.

 

 * Soho, Chinatown & Little Italy: visitamos essas três regiões em um mesmo dia, pois uma é do ladinho da outra. Me arrependi de não ter voltado várias outras vezes em Soho. Achei lá um lugar ótimo para fazer compras e comer. É super badalado, mas menos turistão que Midtown. Tentarei ficar em um hotel por lá da próxima vez. Tem muita coisa para conhecer por lá, então reservem um bom tempo. Chinatown é meio sem graça, é legal, mas só para aquela passada rápida. Não tem muita coisa, só vários camelôs. Little Italy também não é naaaada demais e é muito pequeninha. 

Imperdível: comer uma pizza na primeira pizzaria dos EUA, a Lombardi's. Comida, atendimento e clima excelentes :) Além disso, vá no Rice to Riches na mesma rua para comer o arroz doce mais engraçado que existe !

 

 

* Meatpacking District & Chelsea: Meatpacking é uma região que está crescendo cada vez mais. O lugar era tomado apenas de fábricas, mas agora suas lojas e o High Line Park (parque criado em cima de uma linha de trem abadonada) atraem muitos turistas. Em Chelsea visitamos o Chelsea Market, que gostei bastante. Ali no meio entre essas regiões e os Villages, tem a Madison Square Park que vale a visita para conhecer um dos primeiros prédios de NYC (aquele finiiinho, o Flatiron Building) e, principalmente, a Eataly (uma invenção maravilhosa que mistura um supermercado com vários restaurantezinhos dedicados à culinária italiana). 

Imperdível: comer um um pão com mortadela e comprar várias coisinhas apetitosas na Eataly

 

 

 * Downtown / Financial District região dos trabalhadores engravatados e da bolsa de valores. É uma região bem movimentada e com vários pontos turísticos: Trinity Church, Battery Park (de onde saem as balsas para visitar a Estátua da Liberdade), City Hall, Supreme Court (#lawandorderaddicts), Wall Street (e o famoso Bull) e o 9/11 Memorial

Imperdível: compras na Century 21! Disparado o melhor lugar para achar boas peças a um preço incrível. Mas vá cedo e com paciência ;) 

 

 

* Brooklyn: fora da ilha, achei a região de Williamsburg o máximo. Muito legal passear por lá e encontrar agradáveis restaurantes surpresas. Tem que se planejar para saber exatamente onde ir e o que visitar, porque o Brooklyn é enorme! Nós ficamos apenas na Bedford Avenue. Imperdível: curtir uma Happy Hour em algum bar na Bedford Avenue.

 

 Nos próximos posts, vou detalhar o que fizemos em cada região, o melhor percurso, restaurantes e coisas para visitar ;)

 

Beijos, 

Corinne

 

Ímãs dessa Viagem:

 

 

Please reload

Autora | Corinne Sciortino

Formada em Direito e com vocação para viajar pelo mundo ! Minha obsessão é provar as mais diversas gastronomias, me perder pelos destinos e sempre sonhar com as próximas viagens.

Espero que goste de acompanhar as minhas andanças por aí.

 Continue lendo... 

Please reload