• Instagram ícone social

Instagram | @meupontodepartida

Autora | Corinne Sciortino

Formada em Direito e com vocação para viajar pelo mundo ! Minha obsessão é provar as mais diversas gastronomias, me perder pelos destinos e sempre sonhar com as próximas viagens.

Meu Ponto de Partida Blog Roteiros e Dicas de Viagem

Meu Ponto de Partida Blog Roteiros de Viagem
  • Instagram - Grey Circle
  • Facebook - Grey Circle
  • Twitter - Grey Circle
  • YouTube - Grey Circle
  • Pinterest - Grey Circle

San Martin de Los Andes: uma cidade encantadora no meio da Cordilheira

09.11.2015

Viajamos em

AGOSTO de 2014

 

Já estávamos com muitas saudades da neve quando decidimos viajar para a cidade argentina de San Martin de Los Andes em agosto desse ano. Queríamos ver os flocos branquinhos caindo, esquiar novamente e aproveitar uma cidade acolhedora e charmosa: San Martin nos pareceu o destino perfeito

 

Esquiando em Cerro Chapelco, San Martin de los Andes

 

Pesquisamos várias cidades na Argentina e no Chile. Muitas seguiam o padrão Valle Nevado (tipo um resort encravado na montanha), e nada contra esse estilo de viagem, mas nós queríamos mesmo ficar numa vilazinha menos resort e mais cidade, sabe? Outro lugar que se encaixa nesse perfil é Ushuaia, que fomos em Agosto de 2011 (veja mais sobre essa nossa viagem aqui). Como não queríamos repetir, decidimos por San Martin. 

 

Ruta 40: Patagônia Argentina!

 

Fechamos um pacote (algo que nunca tínhamos feito antes) na Overtravel 360, empresa de turismo especializada em viagens para a neve que conhecemos em um fórum sobre estações de esqui. Recomendamos bastante o serviço da empresa, foi tudo perfeito!

 

Viajamos de Aerolineas Argentinas com conexão por Buenos Aires. Dessa vez, o nosso voo foi bom, muito diferente da última vez para Ushuaia...

 

Chegando no Aeroparque em Buenos Aires durante o nascer do sol

 

* Troca de Aeroporto em Buenos Aires

Muitas das conexões exigem a troca do aeroporto. Nós chegamos no aeroporto Internacional de Ezeiza e tivemos que pegar um transfer até o Aeroparque, no centro da cidade, onde pegaríamos o voo até a Patagonia.

 

Fica a dica para quem tiver que trocar de aeroporto como nós: Existe um serviço gratuito de transfer oferecido pela Aerolineas Argentinas em parceria com a empresa Tienda Léon entre o Ezeiza e o Aeroparque (e vice-versa).

 

 

 É só pedir o vale do transfer na hora do check in no balcão do aeroporto ainda no Brasil. Pode ser que não tenha o horário que você queira na hora, mas os ônibus são lotados por ordem de chegada, então o importante é estar na fila razoavelmente cedo para o seu ônibus. Quando chegar no aeroporto de Ezeiza, dirija-se à cabine da Tienda Léon para trocar o vale por um bilhete de ônibus e aí depois é só ir direto para a fila ;) Se você não está viajando de Aerolineas, pode pagar pelo transfer diretamente no site da Tienda Léon (custa cerca de 140 pesos).

 

Bilhete do transfer da Tiena Léon em parceria com a Aerolineas Argentinas

 

* Chegando em San Martin

Já o aeroporto de San Martin é minúsculo! Dá até nervoso de ver o avião pousando hehe Se o tempo estiver ruim, pode até ser que eles redirecionem o pouso para Bariloche e de lá eles oferecem um ônibus para San Martin (são mais ou menos 3h20 de viagem).

 

 Pousando em San Martin de los Andes

O mini aeroporto

 

Outro detalhe importante envolvendo o aeroporto de San Martin: na volta, todos têm que pagar uma taxa de embarque (aham, todos!, mesmo que você já tenha pago taxas na sua passagem). Essa taxa você paga na hora depois do check in no aeroporto quando estiver voltando para Buenos Aires.

São alguns pesos (não lembro a quantia exata), então tenha dinheiro trocado!

 

 Só entra no vôo quem tiver pago a taxa!

 

Junto com o pacote de hotel e passagem, estavam incluídos também os transfers de/para o aeroporto e de/para a estação de esqui Cerro Chapelco. Por isso, quando desembarcamos, o nosso transfer já estava nos esperando para nos levar para o hotel. Mas se você quiser comprar lá na hora, o transfer saía por 75 pesos.

 

Vista linda no caminho para a cidade

 

* Hotel Rosa de los Viajes

Reservamos o hotel Rosa de los Viajes. O trunfo desse hotel é a localização: perfeita! Bem no meio da principal avenida da cidade, a San Martin. O wi-fi também é ponto alto: o mais rápido que já pegamos em um hotel. Imbatível. 

 

De resto, o hotel não se destaca muito: acomodações padrão, porém bem limpas, café da manhã apenas razoável, atendimento que varia da pessoa (um cara muito bom, o resto mais ou menos). 

 

 Hotel Rosa de Los Viajes


Na verdade, já estávamos preparados para a proposta do hotel (bom preço, mas nada especial). Mas tivemos um probleminha de falta d'água durante duas noites. O que mais nos decepcionou foi a forma como tentaram resolver o problema: quando estávamos sem possibilidade de usar o banheiro, solicitamos a utilização de outro banheiro, o que nos foi negado de pronto. Disseram apenas que poderiam nos arranjar um balde (o que foi feito, justamente com a lixeira do nosso quarto...) ou pedir para alguém limpar. De qualquer sorte, o problema foi resolvido logo em seguida, o que evitou maiores transtornos.

 

Só recomendamos o Hotel para quem quiser algo com custo de médio para baixo e não se importar muito com a acomodação padrão e pouco charmosa. Mas confesso que numa cidade tão encantadora como San Martin, teria sido mágico ficar num lugar mais acolhedor. Fica para a próxima ;)

 

* Troca dos dólares

Assim que fizemos o check in no Hotel, fomos dar uma voltinha na pequena cidade para termos a primeira impressão e trocar os nossos dólares. Pegamos um câmbio super favorável no paralelo, de 12.70. Não vale a pena trocar o dinheiro em casas de câmbio ou bancos regulares. O ideal mesmo é trocar o dólar no paralelo ou blue, como alguns chamam. Na internet, ficamos sabendo dessa lojinha La Araucaria que faz esse câmbio. Super recomendamos!

 

~ para saber mais sobre câmbio na argentina, recomendo essa matéria do Viaje na Viagem!

 

A loja fica aqui ó:

Loja de Câmbio La Araucaria

 

* A cidade de San Martin de Los Andes

A cidade não poderia ser mais charmosa e encantadora! Eu sei, vou repetir isso mil vezes em todos os posts. Mas é que a cidade é tão bonitinha que não tem como não gostar. Casinhas de madeira, jardins fofos e um clima super bacana. 

 

A única coisa que faltou mesmo foi a tão esperada neve :( Tivemos o azar de pegar a pior semana de neve de toda a temporada (não nevou nem uma vezinha).

 Base da estação sem neve 

 

A estação de esqui de Bariloche (Cerro Catedral), inclusive, estava fechada por conta dos ventos fortes e pouca neve. Até que tivemos sorte se pensarmos que conseguimos ao menos esquiar em Cerro Chapelco, ainda que com condições pouco favoráveis, mas deu! Para o nosso nível iniciante, nos divertimos bastante! Maaaas, é claro que bateu aquela tristezazinha de não ter visto a cidade tão fofa toda branquinha...Isso também vai ficar pra próxima, porque com certeza vamos voltar um dia para San Martin. 

 

 

 Apesar da falta de neve, gostamos muito da cidade, de todas as opções de restaurantes e da galera que estava por lá. Evitamos algumas estações, como Bariloche, justamente para fugir de um lugar muito "crowdeado" (muito cheio) e com muita confusão. Gostamos de lugares mais tranquilos e San Martin é exatamente assim.

 

 

* Compras em San Martin de Los Andes

Existem várias lojas de produtos de esportes de neve (nada muito barato, né..melhor comprar as roupas em Buenos Aires - como fizemos em Belgrano, leia aqui). A cidade também é cheia de lojinhas de produtos típicos (chocolates, doce de leite, geléias, trutas, frios, entre outros!). Vale a pena conhecer e trazer algumas lembrancinhas deliciosas para os amigos e família. 

 

Loja argentina de roupas de neve Montagne

 

Só fiquem atentos nos horários das lojas, que fecham durante uma parte da tarde. A cidade fica meio vazia durante o meio dia porque está todo mundo na montanha. 

 

 Horários das lojas

Imãs de San Martin

 

Uma loja que indicamos é a La Cava onde compramos nossos vinhos. Preços bem bons e o dono da loja nos ajudou a escolher os vinhos que queríamos. A lojinha Flambres y Quesos de la Montaña também nos pareceu bem interessante. Compramos algumas comidinhas lá.

 

Loja de vinhos

 

Loja de comidinhas típicas

 

Não se esqueçam de conferir as lojas da Aerolineas Argetinas e do Cerro Chapelco, que ficam na mesma rua, perto da praça. Pegamos o nosso passe do lift para a montanha na loja da estação de esqui e fizemos o nosso check in para o voo de volta por lá #ficaadica

 

Além das lojinhas, San Martin também tem um Supermercado bem grandinho chamado La Anonima. Esse supermercado fica perto do Lago e é usado pelos moradores. É bem menos turístico que o comércio no centro da cidade. Não compramos nada, mas tinham várias opções de produtos, desde meias para o frio a comidas e bebidas.

 

* Passeios em San Martin de Los Andes

Nós resolvemos tirar um dia de folga entre os quatro dias de esqui para dar uma descansada. Acho que foi perfeito, porque um descanso entre o ski é fundamental para renovar as forças! No nosso dia de folga, fizemos um lindo passeio para a Playa Catritre (foi tão legalque contamos mais sobre o passeio aqui!) e almoçamos no imperdível Caleuche. Sem palavras! Um dia muito especial...

 

Playa Catritre

 Almoço no Caleuche com a melhor vista da vida!

 

Nesse mesmo dia de folga ainda vimos um pouco do Festival Montanhês que estava rolando na praça principal da cidade. Foi super legal ver a cidade cheia com os seus moradores (menos turistas e mais índios hehe)

 

Festival Montanhês em San Martin: competição de serrar troncos!

 

A cidade oferece ainda, além do Cerro Chapelco (principal estação de esqui da região), várias opções de passeios. Muitos deles são feitos de barco e saem do Lago Lácar.

 

 

Fomos lá conferir o lago de pertinho, mas não fizemos nenhum passeio porque todos duravam no mínimo umas 7 horas e não queríamos fazer nada muito cansativo. Mas os passeios parecem incríveis, para quem tiver bastante tempo vale a pena! Nós já ficamos super satisfeitos com o nosso passeio para Catritre.

 

A região perto do lago é muito bonita. Um pouco mais afastada do comércio do centrinho, mas existem vários hotéis nessa parte da cidade. Por lá, fica o famoso hostel La Posta del Cazador. Vejam mais fotos dessa região e do Lago.

 

Não deixem de conferir os próximos posts sobre o que comemos em San Martin, sobre a estação de esqui de Cerro Chapelco e nosso passeio em Catritre ;)

 

 

Beijos, 

Corinne

Ímãs dessa Viagem: 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Please reload

Autora | Corinne Sciortino

Formada em Direito e com vocação para viajar pelo mundo ! Minha obsessão é provar as mais diversas gastronomias, me perder pelos destinos e sempre sonhar com as próximas viagens.

Espero que goste de acompanhar as minhas andanças por aí.

 Continue lendo... 

Please reload