• Instagram ícone social

Instagram | @meupontodepartida

Autora | Corinne Sciortino

Formada em Direito e com vocação para viajar pelo mundo ! Minha obsessão é provar as mais diversas gastronomias, me perder pelos destinos e sempre sonhar com as próximas viagens.

Meu Ponto de Partida Blog Roteiros e Dicas de Viagem

Meu Ponto de Partida Blog Roteiros de Viagem
  • Instagram - Grey Circle
  • Facebook - Grey Circle
  • Twitter - Grey Circle
  • YouTube - Grey Circle
  • Pinterest - Grey Circle

Bate e volta de Roma: Florença

23.03.2016

 

 

Roma é fascinante...mas Florença é indescritível! Aconselho essa viagem a todos...vale cada segundo. A cidade respira arte, inspiração, romance..por ser pequena, é agradável de caminhar e não cansa tanto. E a culinária é de suspirar!

 

 

-- Leia mais sobre Roma -- 

 

 

 

 

 

 

 

De trem


Compramos nossa viagem de trem Frecciarossa diretamente pelo site da Trenitalia. Os trens mais confortáveis e rápidos são os "Frecce" (Frecciarossa, Frecciabianca e Frecciargento). Dê preferência para esses. Tivemos sorte e pegamos uma promoção na compra: por apenas 10 euros a mais, viajamos a ida de primeira classe :)

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 


Saímos cedinho de Roma para curtir ao máximo. A viagem de trem dura aprox. 1h40. Voltamos lá pelas 20h30 da noite. Um dia é suficiente, mas, se puder, durma por lá..a cidade merece mais tempo!

 

Estação em Florença

 

 


O que vimos

 

Duomo

Descemos da estação e fomos caminhando até o Duomo (Basílica di Santa Maria del Fiore). É uma daquelas visões de tirar o folêgo, tipo Fontana di Trevi.

 

 

 
O Duomo estava fechado para entrada no dia que fomos. Muita gente sobe a Cúpula, são centenas de degraus e uma vista linda - mas achamos que seria muito cansativo considerando que tínhamos apenas um dia e pulamos a subida.

 

Accademia

 

Tínhamos comprado pela internet o ingresso para a Accademia, que abriga o famoso Davi de Michelangelo, e evitamos uma boa fila. Ao comprar o ingresso, você escolhe um horário para a entrada no museu. Cuidado para não perder a hora (o ideal é chegar 15 minutos antes).


A razão de sua construção e a atração principal do Museu é o Davi. As fotos são proibidas, mas conseguimos tirar algumas escondidas :p hehe O Davi é uma obra inesquecível. Parece que ele vai se mexer e falar contigo de tão real. Não se contente com as réplicas pela cidade, a visita à Accademia é essencial.

 

Eu do lado do magnífico Davi (outra foto proibida!)

 

 

Piazza della Signoria 

 

De lá, seguimos pelas ruazinhas até a Piazza della Signoria, onde está o outro grande e famoso museu da cidade, a Galleria degli Uffizi. A fila estava gigantesca, então é imprescindível comprar o ingresso pela internet antecipadamente. Nós escolhemos não ir nesse museu, pois o tempo era curto e queríamos aproveitar mais a cidade. Escolhemos a Accademia por ser um museu pequeno e pouco cansativo e não nos arrependemos.

 

 

 

Il Ponte Vecchio


Ali pertinho encontramos Il Ponte Vecchio, a antiga ponte que atravessa o rio Arno e é repleta de lojinhas de ouro.

 

 

 

 

A fome começou a apertar depois da caminhada e fomos andando em direção ao restaurante Buca Mario, muito recomendado por diversos blogs. Infelizmente, quando chegamos lá, o restaurante estava fechado :/ Mas tínhamos um Plano B que não nos decepcionou nem um pouquinho...

 

 

Trattoria Marione

 

 

Perto dali, havia outro restaurante também muito recomendado, a Trattoria Marione. Hmm... dá água na boca só de lembrar! Excelente custo benefício e estava tudo impecável - da comida ao atendimento. Adoramos :)

 

Comemos de entrada um Pecorino al miele e pinoli (queijo pecorino com mel e pinholes) e de prato principal a famosa Bistecca alla Fiorentina.

 

 

 

 

 

Piazzale Michelangelo

 

Já de barriga cheia, resolvemos fazer a longa caminhada até o Piazzale Michelangelo, do outro lado do rio Arno. Dá pra ir de ônibus, mas resolvemos ir andando mesmo. É uma caminhada longa e cansativa - um grande pedaço em subida - mas em compensação você vê a cidade inteirinha lá de cima.


No caminho, paramos para um sorvete na La Strega Nocciola, muito bom! 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Fragola, Nocciola e Mascarpone (Morango, Avelã e Mascarpone)


Uma pena que começou a chover durante a subida e acabamos ficando pouco tempo lá em cima. Deve ser lindo ver o pôr do sol de lá...Para voltar, é só pegar um ônibus em frente à estátua do Davi (nº dos ônibus: 12, 13 e 38).

 

 
 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Com um gostinho de "quero mais", pegamos o trem de volta à Roma...que vontade de voltar!

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Trem de volta: classe econômica

 


Para fechar, uma listinha de outros restaurantes recomendados pela cidade:

  • Trattoria 4 Leoni

  • Caffè Giacosa

  • Il Due Frattelini (panini)

  • Il Lampredotto di Sergio Pollini (panini)

  • Sostanza

  • Cammillo

  • Bucca dell'Orafo

  • Vincanto

 

 

-- Veja aqui todos os posts da Itália -- 

 

Beijos,

Corinne

 

 

Imã dessa viagem:

 

 

 

Please reload

Autora | Corinne Sciortino

Formada em Direito e com vocação para viajar pelo mundo ! Minha obsessão é provar as mais diversas gastronomias, me perder pelos destinos e sempre sonhar com as próximas viagens.

Espero que goste de acompanhar as minhas andanças por aí.

 Continue lendo... 

Please reload