• Instagram ícone social

Instagram | @meupontodepartida

Autora | Corinne Sciortino

Formada em Direito e com vocação para viajar pelo mundo ! Minha obsessão é provar as mais diversas gastronomias, me perder pelos destinos e sempre sonhar com as próximas viagens.

Meu Ponto de Partida Blog Roteiros e Dicas de Viagem

Meu Ponto de Partida Blog Roteiros de Viagem
  • Instagram - Grey Circle
  • Facebook - Grey Circle
  • Twitter - Grey Circle
  • YouTube - Grey Circle
  • Pinterest - Grey Circle

Onde comer em Amsterdam: muito fast food e uma visita ao Ice Bar

05.04.2016

 

 

Na hora da fome, Amsterdam não nos pareceu aquele lugar em que os restaurantes são tão atrativos - pelo menos lá no Centrão.

 

Foi o que nos pareceu, acho que porque não tínhamos referência de bons restaurantes (como era o último destino, não tínhamos pesquisado muito) e também não tínhamos muito tempo para explorar a cidade.

 

 

 

 

 

 

 

 

A melhor batata frita da Holanda 

 

Afinal, em um lugar tão descolado o que menos queríamos era a caretice de algum lugar cheio de turistas ou com ambiente formal. E aí atacamos de fast food mesmo (e é o que mais tem por lá!). Pra começar uma boa e velha batata frita. Fomos na que dizem ser a Nº1 da Holanda. Bem gostosa! Achamos melhor que a de Bruxelas.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Yummy! A maionese era muito diferente do que conhecemos...muitooo boa!

 

A ironia é que a batata fazia referência a Bruxelas. Detalhe: há uma certa rixa entre os Belgas e os Holandeses.

 

 

Wok to Walk

 

Nossa outra experiência foi em um fast food de Wok (noodles asiáticos), chamado Wok to Walk. Vimos uns dois em pontos diferentes do Centro da cidade e ambos ficam cheios. A comida, pra quem gosta do estilo noodles oriental, é boa e barata.

 

 

Você pode escolher os ingredientes, o tipo de noodles, os molhos e eles vão montando tudo na hora e na Wok na sua frente ! Achamos um bom custo benefício e depois ainda comemos na mesma rede em Madrid (na viagem de Dez 2012).

 

 

FEBO

Outro estilo de fast food muito encontrado em Amsterdam é esse da foto abaixo. As comidas já estão prontas nessas caixinhas, aí basta você inserir uma moeda e pegar o lanche. Muita gente fala que é bom, mas não tivemos coragem de encarar! hehehe

 

 

 

 

 

 

Ice Bar

 

Uma coisa que tem em várias capitais da Europa e que resolvemos experimentar em Amsterdam foi o Ice Bar. Sabe aquele bar todo feito de gelo que você entra vestido tipo pólo norte e fica um tempinho? Esse mesmo ! Nos divertimos, mas definitivamente não vale a pena o valor (gastamos 31 euros os dois). Você tem direito a consumir dois drinks lá dentro - nada demais... Tinha uma galera lá se divertindo muito. Pelo que entendemos da conversa tinham acabado de sair de uma coffee shop e estavam lá curtindo o cineminha 3D e viajaaando! hahaha E eles não deixam tirar foto dentro do bar - tem um fotógrafo deles lá que tira a sua foto e depois cobra uns eurinhos por ela.

 

 

 

Realmente, nossa experiência culinária em Amsterdam não foi o forte hehe Estávamos exaustos da viagem que já estava no finalzinho e sem querer gastar muita grana (quem também teve esse feeling no final da viagem?). Com certeza Amsterdam tem muito mais a oferecer além dos fast foods que experimentamos ! Fica pra próxima ;)

 

Para quem quiser algumas indicações de restaurantes, segue o post muito bom do Ducs!

     

    Além disso, recomendo esse post da nossa parceira Juliana, do Turistando.in, sobre o Restaurante Black and Blue, confiram !

     

     

     

     

     

     

     

    Beijos,

     

    Corinne

     

    Please reload

    Autora | Corinne Sciortino

    Formada em Direito e com vocação para viajar pelo mundo ! Minha obsessão é provar as mais diversas gastronomias, me perder pelos destinos e sempre sonhar com as próximas viagens.

    Espero que goste de acompanhar as minhas andanças por aí.

     Continue lendo... 

    Please reload